segunda-feira, 1 de agosto de 2011

POR UMA VIDA MELHOR - A IMPORTÂNCIA DE UMA LANCHEIRA SAUDÁVEL - CECI SANTIAGO

Em tempos de volta as aulas depois de bons momentos de férias, precisamos nos preocupar com o que vamos colocamos na lancheira dos nossos filhos. Essa preocupação e ainda maior se excessos foram cometidos nas viagens e visitinhas tentadoras.
Exatamente por isso, a dica da semana é para pais com filhos em idade escolar.
O que comer? Levar de casa ou comprar na cantina?
E os amigos, será que compartilham de um lanche saudável?


Para se ter uma ideia da importância de uma dieta equilibrada, cerca de 25% das crianças brasileiras estão acima do peso, e isso se deve ao consumo exagerado de bolachas recheadas, salgadinhos e refrigerantes – uma opção mais fácil, porém, muito mais prejudicial aos pequenos.

E importante lembrar que principalmente em fase de crescimento, nossas crianças precisam ser orientadas e acompanhadas muito de pertinho quando o assunto e alimentação fora do lar.

Esse acompanhamento é mais importante ainda quando a escola não adota uma linha de trabalho voltada pra a alimentação saudável. Nesses casos as dificuldades vão desde a falta de opções nas cantinas ate a exclusão do ciclo de amiguinhos, afinal de contas para os pequenos e muito mais interessante dividir um pacote de biscoito recheado do que uma maça ou um sanduiche natural.

Em casos de escolas que já adotem esse tipo de conduta, o acompanhamento fica sempre mais fácil e nesse caso, o cuidado passa a ser em casa, na continuidade do que e feito na escola.
Com tantas atividades no dia a dia, que mãe não quebra a cabeça na hora de preparar a lancheira dos pequenos?
Num primeiro momento, pensando na praticidade e em não perder tempo, a tendência é colocar o que estiver à mão, sem analisar se os itens são saudáveis, se fornecem todos os nutrientes necessários e, sobretudo, o impacto que isso terá na qualidade de vida deles a curto, médio e longo prazo.

Com todas essas dificuldades, é preciso por a nossa criatividade em prática!

Uma lancheira saudável é aquela que dosa a quantidade de calorias e nutrientes e, ainda, conta com produtos que podem ser conservados em temperatura ambiente, caso dos bolos e biscoitos sem recheio, frutas e bebidas à base de soja, que tem excelente digestibilidade bem como nutrientes adequados a idade dos pequeos.


Estabeleça esse equilíbrio através dos grupos de alimentos e evite a repetição diária, este é um dos erros mais comuns. Essa variedade vai evitar que o seu filho enjoe do que leva para a escola. Como sugestão podemos listar:

ü  Energéticos: bolos, pães (de preferência integrais), biscoitos simples diversos e barrinhas de cereais;
ü  Construtores: leite, achocolatados, queijos que não necessitem de refrigeração;
ü  Reguladores: frutas frescas ou secas, sucos, bebidas de soja e água de coco.

Gostou? Só mais um lembrete, você deverá colocar tudo em recipientes térmicos para suportar a alta temperatura do dia! Afinal, moramos em um país tropical!!!

Uma idéia também bem legal é montar a lancheira em conjunto com seu filho, estimulando a importância da alimentação saudável. 
Outra boa idéia é negociar que uma vez na semana ele vai escolher o que levar de lanche ou mesmo levar dinheiro pra comprar alguma guloseima na cantina… Essa é uma atitude sensata, consciente e flexível nessa idade!

Adotando as orientações acima, com certeza teremos como reflexo o bom rendimento escolar das nossas crianças, além de estarmos contribuindo para a prevenção na vida adulta, de doenças cardíacas, obesidade e outras enfermidades crônicas como diabetes.

Bom retorno as aulas!!!!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger