quinta-feira, 7 de abril de 2011

NOSSA PANELA INDICA - A GRANDE NOITE


Final semana chegando e como chega rápido não é mesmo, então mais uma vez vou indicar um filme para aumentar a nossa cultura gastronômica. Qualquer semelhança com a nossa profissão é mera coincidência, rsrsrsrs..

 Mas desta vez leia o comentário de uma cinéfila de plantão a Cris Silva.

Fantástico, maravilhoso! Não fosse a frustração por não encontrar palavras que definam em toda a sua plenitude a beleza desta obra-prima, eu me encontraria no mais absoluto estado de graça. Os diretores Stanley Tucci e Campbell Scott presenteiam-nos com “A Grande Noite”, onde a emoção e o paladar são seduzidos em toda a sua exacerbação.



O enredo se exalta na busca de sonhos, na determinação de princípios, ou no confronto destes com as metas traçadas, ao mesmo tempo em que nos embala numa suavidade eufórica, ao contemplar o debruçar da alma no preparo dos alimentos.

É a história de dois irmãos italianos, Primo (Tony Shalhoub) e Secondo (Stanley Tucci), que montam um restaurante em Nova Jersey, nos anos 50, procurando transmitir em cada nuance a verdadeira essência da gastronomia italiana. Os clientes são escassos além de estarem mais interessados em comer do que saborear, e as dividas se avolumam.

Enquanto Secondo representa o real, a razão, a luta pela viabilidade da concretização de um sonho, embora o seu lado de emotivo italiano, por vezes o faça transpirar no calor da emoção, Primo representa o idealismo, a lealdade às raízes, a preservação do sentimento impregnado em cada tempero e traduzido no detalhe de cada gesto.

A grande noite representa para o primeiro um passo decisivo rumo ao sucesso, mas para o segundo ela se revela como uma ameaça à integridade do artista que expõe o paladar fazendo dos ingredientes sua matéria prima e dando-lhes forma ao despertar todos os sentidos.


A trilha sonora é envolvente no resgate da melodia italiana, e se encaixa perfeitamente em cada situação.


Os diálogos primam pela simplicidade de códigos e a complexidade de emoções.


As imagens são belíssimas, ora frenéticas, ora serenas, numa cadência que inebria o espírito, e o visual dos pratos que compõem a grande noite é de dar água na boca. A elaboração do “Tímpano”, receita sigilosa passada através das gerações, faz com que queiramos invadir a tela, e nos deixar invadir pela descoberta de seu sabor, aroma e textura. Mas o momento mais delicadamente intenso, é a preparação em tempo real de uma simples omelete, para onde se converge todo o teor emocional do filme.

 Leia a sinopse do filme, uma pena que não achei o trailler.


Anos 50. Dois irmãos, Primo (Tony Shalhoub) e Secondo (Stanley Tucci), emigram da Itália para os Estados Unidos. Eles pretendem abrir um restaurante italiano, chamado The Paradise.

O mais velho, Primo, é um grande chef, um gênio na culinária, mas bastante temperamental, se recusando a fazer pratos convencionais e rotineiros. Secondo, o mais novo, tem uma mentalidade mais capitalista e tenta superar a grave crise financeira que estão passando.

O proprietário de um restaurante de sucesso, Pascal (Ian Holm), propõe chamar um amigo dele, que é um grande músico de jazz, para ajudar a promover o restaurante. Assim os dois irmãos apostam todas as fichas em um cardápio fora de série, que será servido aos convidados desta grande noite.                                                      

2 comentários:

bu AL@N ALVES disse...

Olá chef!
Sabe onde consigo encontrar esse filme?
Tem o link para donwload?
Parabéns pelo blog!
Acompanho sempre.
Alan Alves.

bu CHEFE MÁRCIO MOREIRA disse...

oi Alan este filme peguei emprestado com uma amiga, é maravilhoso....
dá uma olhada na Blockbuster, eles sempre mantám alguns clássicos.

abs e obrigado por acompanhar o blog e vem bastante coisa legal por aí..
abs

Postar um comentário

 
Powered by Blogger